ESQUECEU SEUS DETALHES?

Maine Coon Database – Pawpeds

por / domingo, 23 junho 2013 / Publicado em Artigos
GD Star Rating
loading...

Maine Coon DatabasePara o estudo de um pedigree de determinada raça, caso esteja disponível, ao acessar o site Pawpeds, primeiramente escolha qual raça felina deseja consultar. Em nosso caso, o Maine Coon Datase é conhecido internacionalmente neste site através de seu link direto: www.pawpeds.com/db/?p=mco&date=iso. Chegará, então, a página inicial da base de dados de nossa raça. Aí, poderá encontrar as ligações para informações específicas sobre o Maine Coon, bem como também, prosseguir a sua busca no database (base de dados).

O método de pesquisa

O Pawpeds utiliza um algoritmo de busca que ultrapassa os erros ortográficos. O programa indicará os nomes mais próximos de seu pedido. As letras que estão em falta, em excesso, ou erradas serão contabilizadas como um erro, então o database irá propor o nome com o menor número de erros. Apesar de o programa estar preparado para ultrapassar erros, irá beneficiar com os melhores resultados se o nome procurado for corretamente digitado. O motor de busca não faz a diferença entre maiúsculas e minúsculas.

Eficiência na buscaÉ possível selecionar um número máximo de erros graças ao botão “Approximative“. Por norma, mesmo existindo um número restrito de erros, o resultado será bastante satisfatório. No entanto, existe um número máximo de erros aceitos. O programa obriga a esse limite de forma automática. Recomendamos que utilize a função “Exact“.

A escolha “Substring” torna-se de real utilidade se souber como utilizá-la na utilização das expressões regulares. Do contrário, a melhor opção é deixar a caixa na opção padrão.

Número de gerações do pedigree

Na página de pesquisa, poderá selecionar o número de gerações que deseja que apareçam no pedigree escolhido. Pode da mesma forma mudar o número de gerações dentro da mesma página, clicando nos números situados acima do pedigree do lado esquerdo.

Navegando pelo Pedigree

Apresentação da Data

A data de nascimento está introduzida à maneira inglesa, ou seja, ano-mês-dia. Por exemplo, “1997-04-09” indica o 9 de Abril de 1997.

MCO d 23? O que são estas siglas?

Compoem o código EMS da FIFE. Como uma abreviação, servem para identificar a cor e a marcação da pelagem de um gato e estão indicados por letras e números, diferenciado-se para cada indivíduo. Este quadro ajudará a identificar o significado dos códigos EMS.

VER CÓDIGOS EMS FIFE

Veja como é FÁCIL ENTENDER códigos EMS da FIFE

Se você tiver por exemplo: MCO d 22. Na tabela verá que MCO é a sigla para Maine Coon, d=Red e 22=Blotched tabby (tigrado clássico). Portanto, MCO d 22 significa ser um Maine Coon Red Blotched Tabby (vermelho tigrado)

Coeficiente de Consanguinidade

O coeficiente de consanguinidade é a medida da proporção do loci homozigótico gerado pelo grau de parentesco do gato. Ou seja, é a percentagem de probabilidade que um locus em particular seja homozigótico pelo parentesco entre os pais. Então “100%” significaria que o gato fosse homozigótico para cada locus. Por outras palavras, significa que para cada gene herdado pela mãe, um gene idêntico é herdado pelo pai. Isso acontece quando o pai e a mãe têm um grau de parentesco muito elevado. Um coeficiente de 0% significa que nenhum locus é homozigótico por não existir grau de parentesco entre os pais.

Alguns valores do coeficiente de consanguinidade:
Quando um gato é cruzado com a irmã/irmão: 25%
Quando um gato é cruzado com o pai/mãe: 25%
Quando um gato é cruzado com o meio-irmão/meia-irmã: 12.5%
Quando um gato é cruzado com o avô/avó: 12.5%
Quando um gato é cruzado com um primo/prima: 6.5%

Se tivéssemos a genealogia de um gato em centenas de anos, então todos os gatos deste gigantesco pedigree seriam aparentados e o coeficiente de consanguinidade seria bastante elevado. Se um gato fosse, assim comparado com um gato com pedigree de poucas gerações, este último teria com efeito menos consanguinidade. Embora não seja totalmente verdade. Quando se compara pedigrees, temos sempre que considerar o número de gerações relativo a consanguinidade.

O programa indicará o coeficiente de consanguinidade por número de gerações indicadas no pedigree seleccionado. Se quiser obter o número de consanguinidade sobre todas as gerações obtidas na base de dados, é só cliclar na palavra “Inbreeding“. Este coeficiente será então calculado.

O ideal seria o coeficiente crescer menos de 0.25 – 0.5 ponto por geração. Se este aumento for superior, uma ameaça de problemas de saúde, pesa sobre a população considerada, devido à consanguinidade. Isto pode levar algumas gerações antes que os problemas se tornem evidentes, mas quando surgem, tornam-se muito difíceis de eliminar na linhagem.

Segundo Misha Peersman, criadora da raça Maine Coon desde 1991 e uma das responsáveis pela atualização do Database desde 2004, comenta que o sistema também foi desenvolvido para informar a fim de que sejam reduzidos níveis de consanguínidade que possa a vir prejudicar o desenvolvimento da raça, sendo que na pior das hipóteses, os dados ao menos sejam úteis como parâmetros a criadores do mundo todo para mantê-los sem aumento nos cruzamentos. Misha comenta ainda sobre estes níveis individuais em cada gato e afirma que a porcentagem ideal seria algo em torno de até 10% de COI (coeficiente consanguíneo (completo)) para filhotes resultantes em um acasalamento.

Metas para se obter bons resultados e “refrescar” linhagens significa constante redução de valores consanguíneos no coeficiente de Inbreeding, entretanto, valores acima de 10% passam a ser preocupantes e certamente, algo a ser melhor planejado para redução destes níveis às futuras gerações, sendo isto possível através de criteriosa seleção de acasalamento com prévias simulações no Maine Coon Database.

Lista dos descendentes

Se deseja uma lista de descendentes diretos de um gato em particular, terá que clicar em “Offsprings” (Descendentes) acima do pedigree. Poderá assim obter a lista de todos os gatos que formaram par com ele e dos descendentes resultantes de cada cruza que estiverem inscritos na base de dados. O outro parente do descendente também irá aparecer. Para a obtenção do pedigree de um descendente em particular, basta clicar no nome dele. OBS: os proprietários de gatos, em particular os criadores, nem sempre inscrevem todos os gatinhos de uma ninhada, sobretudo quando estes não são destinados à reprodução. O Maine Coon Database recebe e mantém atualizada a lista dos descendentes, mesmo quando castrados de companhia, portanto, envie-nos o pedigree do seu gato em “Submit Info” e teremos maior prazer em adicionar, para que também possa ter seu pedigree visto online de qualquer lugar, a qualquer momento.

Testes de cruzamentos (simulação)

Ao clicar em “Test Mating” na parte superior da página, irá aparecer um pedigree vazio, que poderá ser preenchido no sentido de simular um “casamento”, tornando possivel uma simulação para análise de um pedigree de um suposto filhote, antes mesmo de acasalar gatos na prática.

Clicar em “add cat” no lugar onde deseja introduzir o nome de um gato. Desse modo, poderá procurar e selecionar na base de dados o gato desejado. Terá que preencher as restantes partes da mesma forma, até que o pedigree fique completo. Poderá assim estudar os coeficientes de consanguinidade, e a análise do pedigree como se fosse um pedigree real.

Se clicar em “Use this cat as sire“, o gato estudado, o seu pedigree irá aparecer meio preenchido, possibilitando a escolha de uma fêmea para o teste de casamento. Se escolher a frase “Use this cat as dam” o pedigree do gato estudado irá aparecer completo do lado da fêmea e vazio do lado do macho.

Também existe a possibilidade de clicar nas palavras “Cat 2, Cat 3, etc.”, ou directamente sobre o nome de um gato, o que lhe dará acesso ao pedigree e permitirá o seu estudo.

Ao clicar na ligação “Change cat” poderá modificar um gato em particular que esteja presente no pedigree-teste.

A ligação “Test mate” situada na parte superior do pedigree é um atalho para estabelecer um casamento fictício com o gato que está a ser estudado, posicionando-o do lado da fêmea ou do macho. Poderá deste modo, adicionar um parente, ou avós, como indicado anteriormente clicando em “Add cat” no local escolhido.

Análise de um Pedigree

Variadas análises são possíveis para cada pedigree, sobre várias gerações. Além disso, estas análises podem também fornecer os graus de consanguinidade de um gato em relação ao património genético da raça escolhida. Ao clicar sobre “Info“, poderá obter mais informações sobre as possibilidades de análise do pedigree para cada raça previamente inserida no nosso sistema.

Fotos & Links

Se aparecer a letra [P] logo após o nome do gato, isso significa que existem fotografias disponíveis desse gato. Se estiver interessado em vê-las, bastará clicar no nome do gato para aceder ao seu pedigree. Depois, terá que clicar em “pictures” para ter acesso as fotos. Essas fotos, geralmente, não são nossas, são mais frequentemente ligações de fotos publicadas em outros sites na Internet. É possível que estas fotos tenham sido mudadas ou retiradas pelos seus proprietários, por isso, as ligações podem não dar em nada. Tentamos “limpar” estas últimas conforme vão aparecendo.

Perguntas?

Acesse o site do Pawpeds, no endereço: www.pawpeds.com. Você poderá enviar gratuitamente a xérox do Pedigree de seu gato para ver muito além das gerações possíveis descritas no pedigree, a ancestralidade completa com análises genéticas mais detalhadas. Se tiver alguma dúvida, antes de qualquer contato com o pawpeds, agradecerão que verifique primeiro o FAQ (Frequent Ask Question – Sessão de Perguntas e Respostas) da base de dados do site.

Curtiu o artigo? Então, clica , sugerindo assuntos nos comentários!
  • Twitter
  • Yahoo! Bookmarks
  • Delicious
  • Windows Live
  • Digg
  • Bebo
  • Netvibes
  • Posterous
  • Tumblr
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • E-Mail
TOPO