ESQUECEU SEUS DETALHES?

Maine Coon – O Gato Gigante

por / quarta-feira, 05 junho 2013 / Publicado em Standard
GD Star Rating
loading...

Maine Coon é uma a raça de gatos domésticos que se desenvolveu na Costa Nordeste do Canadá e se extendeu ao longo do leste dos E.U.A. Estes gigantes gentis de pelagem sedosa e alongada podem ter sido um dos primeiros gatos de raça do Show Hall das exposições felinas do Novo Mundo. O Maine Coon teve o seu primeiro aparecimento no cenário das exposições em 1878. Em 1895, na exposição felina nacional Madison, realizada na Praça Garden em Nova Iorque, um representante da raça ganhou o premio de Best of the Best (Melhor gato da exposição). O Maine Coon continuou a acumular honras nas exposições até a primeira década século X, em que os persa e outros gatos de pêlos longos ganhavam o favoritismo do público. A raça caiu então em desaparecimento quase que completo e chegou a ser declarada, ainda que erroneamente, de extinta nos anos 1950. Atualmente, mesmo após dois séculos de seu surgimento, o Maine Coon brilha nas exposições felinas de todo o mundo, com retorno triunfal ao ranking dos grandes campeões regionais.

As Origens da Raça

Foto meramente ilustrativa

Seu surgimento aconteceu há mais de 200 anos no continente Norte-Americano e até hoje, mistérios e lendas cercam suas origens. Alguns dizem que os gatos da raça Maine Coon são frutos de cruzamentos entre guaxinins (“racoons” em inglês), com gatos domésticos que viviam próximos ao perímetro florestal, explicando a origem do nome e caudas tão grossas de pêlos. Outros dizem que o surgimento da raça seria fruto do cruzamento entre Linces Canadenses com gatos domésticos. Sabemos que são apenas lendas, porque há incompatibilidades cromossômicas entre estes animais.

Provavelmente, o Maine Coon seja produto do cruzamento que envolveu Angorás com gatos de pêlos longos e curtos migrados de outras regiões, advindos principalmente do Norte do Canadá, através das embarcações que cruzavam os mares e iam até a Europa e que efervesciam o comércio de especiarias naquela época. O transporte de felinos combatia os ratos e protegia os grãos a serem vendidos no comercio. Quando estes desembarcavam nos portos reproduziam-se livremente com outros felinos locais, proporcionando o surgimento de gatos avantajados em abundância na região do Maine, localizado ao leste dos EUA e porto marítimo muito importante para todo o continente.

O nome “Maine Coon” é herança do Estado americano do Maine, primeira região a reconhecer estes gatos fabulosos como uma raça diferenciada de pêlos longos e apresentá-los em exposições felinas.

O Físico

Os machos pesam em média 12 kg e fêmeas em média de 6 a 10 Kg quando reprodutores. Sabe-se que quando Castrados para companhia doméstica, alcançam esta média em tenra idade e normalmente ultrapassam estes pesos na fase adulta, devido ausência de estresse e anciedades provocadas pelos Cios, que são considerados desnecessários se estes não participam de um programa periódico de reprodução. É necessário certo tempo de modo que o Maine Coon atinja sua maturidade; habitualmente não atinge sua estatura completa nem apresenta a sua pelagem definitiva antes de 3 anos de idade. A sua pelagem densa e flexível é repartida harmoniosamente sobre o corpo e recaída em longas mechas, formando uma gola muito sedutora em seu pescoço. Patas largas e cheias de tufos com estrutura poderosa são algumas das características naturais desta raça fabulosa.

assista ao video

O Temperamento

Robusto e resistente, o Maine Coon é de um temperamento que concília afeto e extrema sociabilidade. F4 Mapache Khodah emite deliciosos ronquinhos nos momentos de “ronroterapia” com sua dona Marina, S.Paulo – SP. “Doce, meigo e companheiro, o Maine Coon afetua-se muito bem com as crianças e até mesmo com cães”, diz Marina que possui além de seu exemplar, um cão da raça Golden Retriever.

Doce, meigo e companheiro, o Maine Coon afetua-se muito bem com as crianças e até mesmo com cães

Marina, São paulo – SP

Curtiu o artigo? Então, clica , sugerindo assuntos nos comentários!
  • Twitter
  • Yahoo! Bookmarks
  • Delicious
  • Windows Live
  • Digg
  • Bebo
  • Netvibes
  • Posterous
  • Tumblr
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • E-Mail
TOPO